NOVO: Illudere – o cinema como um pacto lúdico

Em 1992, escrevi essa monografia como projeto final na PUC-RJ. A idéia central é que a experiência do cinema é similar a de um jogo; que é um “pacto lúdico” estabelecido entre o cineasta e o público. Embora seja um texto acadêmico, pode ser que interesse estudantes de cinema.

Abordei o trabalho de alguns teóricos, mas ilustrei a idéia central com os diretores Ingmar Bergman, François Truffaut e Alfred Hitchock e seus respectivos filmes Fanny & Alexander, A Noite Americana e Janela Indiscreta.  

Não sei se o tema é atual ou relevante, mas é um ângulo sobre a arte cinematográfica que não é muito explorado. Se você tiver curiosidade, dá uma olhada:  Illudere – o cinema como um pacto lúdico

One Response to NOVO: Illudere – o cinema como um pacto lúdico

  1. Há alguma informação sobre este assunto em outras línguas?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: